A Covardia do Desarmamento e o Genocídio Causado por Doutrinação.

O Instituto Liberal de São Paulo trouxe uma publicação informando que o país registrou 61.619 mortes violentas intencionais em 2016. São apenas dados de um ano, um único ano, mais que suficiente para mostrar a mentira que é o Estatuto do Desarmamento. As famílias das vítimas podem atestar a dor e sofrimento.

Todos os dias, brasileiros participam involuntariamente dessa roleta russa, a loteria da morte. Os números reais claramente são maiores, muitas pessoas são assassinadas e poucos ficam sabendo, parte dos desaparecidos podem ser assimilados ao que se refere as vítimas do Estatuto do desarmamento.

Quando uma pessoa apoia o desarmamento, ela o faz baseada em dois pensamentos: Ou ela defende porque é ingênua, ou por ser uma pessoa maléfica, sem caráter e perigosa.

Um dos maiores sintomas que a sociedade está doente, imbecilizada. É o povo encarar tais mortes, perdas como normal.

É direito natural do ser humano, a sua liberdade. Isso inclui não ter mitigado o seu direito de defesa.

http://www.ilisp.org/noticias/apos-13-anos-de-desarmamento-brasil-registra-maior-numero-de-homicidios-da-historia/#

https://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/preso-por-pedofilia-tinha-56-videos-de-sexo-com-bebes-no-celular-diz-delegado-da-pf.ghtml

O Guardião do Povo

About O Guardião do Povo

Autodidata, acadêmico, eterno estudante, eterno aprendiz inconformado com ignorância e corrupção.

View all posts by O Guardião do Povo →