Coari: PGJ denuncia Prefeito ao TJAM

Em entrevista coletiva no fim da manhã da última sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014, o Procurador Geral de Justiça do MP-AM, Francisco Cruz, recebeu a imprensa para anunciar o envio de denúncia contra o Prefeito de Coari, Adail Pinheiro, e mais 6 pessoas, ao Tribunal de Justiça do Amazonas.

 O PGJ tomou como base para finalizar o documento e solicitar a prisão preventiva dos acusados, o trabalho final da força-tarefa enviada ao município desde julho de 2013, com o objetivo de coletar dados que respaldassem as investigações e a possível denúncia. “Tomamos essa decisão para garantir a ordem pública, evitar que novas vítimas sejam molestadas e que testemunhas sejam ameaçadas. Além de Adail Pinheiro, mais seis pessoas, entre eles agentes públicos, estão sendo denunciados por meio dessa Ação”, disse Francisco Cruz.
O documento, encaminhado ao TJAM no início da manhã, denuncia os supostos envolvidos em crimes de exploração sexual de menores, formação de quadrilha, dentre outros. Agora, compete ao Tribunal de Justiça do Amazonas acatar ou não a solicitação do MP-AM. “Concluímos as análises na noite desta quinta-feira e entendemos que estamos fazendo o que é melhor para a sociedade. Nossa denúncia contém 48 laudas de um trabalho minucioso realizado pelos nossos Promotores. Existem elementos concretos para a Ação Penal e a partir de agora cabe ao TJAM dar prosseguimento ao caso.”, finalizou o PGJ.
(Foto: Reprodução/TV Amazonas)
(Foto: Reprodução/TV Amazonas)

 

O Guardião do Povo

About O Guardião do Povo

Autodidata, acadêmico, eterno estudante, eterno aprendiz inconformado com ignorância e corrupção.

View all posts by O Guardião do Povo →