Paciente com suspeita de H1N1 morre em Taiobeiras

Paciente com suspeita de H1N1 morre em Taiobeiras. De acordo a Fundação Hospital Santo Antonio, dois pacientes foram internados com o quadro de pneumonia atípica. Nestes casos há suspeita de H1N1. Foram notificados GRS (Gerências Regionais de Saúde) e FUNED (Fundação Ezequiel Dias do Estado de Minas Gerais), o prazo médio para entrega dos resultados dos exames é de 30 dias, de acordo o Hospital Santo Antônio.

A fundação afirma que os pacientes não foram contaminados em Taiobeiras. O 1° paciente veio de Salinas com sintomas leves, não apresentava pico febril que é um sintoma típico. Mas, veio a falecer. 

O 2° paciente é de Taiobeiras, mas estava em Montes Claros quando começou a sentir os sintomas. O mesmo foi transferido de Taiobeiras para o Hospital Mater Dei em Belo Horizonte a pedido da família. Por este motivo o Hospital Santo Antônio providenciou a vaga e o transporte para Belo Horizonte. Em nota a fundação deixa claro, que normalmente só solicitam transferência de pacientes em casos que a mesma não possui profissionais especializados; neurologia e nefrologia.

Medidas Preventivas

  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão;
  • Seguir a etiqueta de tosse – ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com o antebraço ou com um lenço de papel descartável;
  • Não compartilhar utensílios e alimentos, inclusive toalha de rosto; evitar contato íntimo com outras pessoas (abraços, beijos);
  • Manter portas e janelas sempre abertas para a boa circulação do ar; manter disponível sabonete, álcool gel e papel toalha;
  • Evitar eventos em auditórios e aglomerações;
  • Colocar máscara em quem apresentar o sintoma, mantendo a pessoa sintomática isolada e quem fizer o manejo do sintomático deve, sempre que possível, usar máscara e imediatamente, lavar as mãos ou usar álcool gel

Em caso de febre, mal-estar ou dificuldade respiratória, procure imediatamente a assistência médica. Não é necessário esperar pelo exame clínico. A eficácia do Tamiflu é de 48 horas após contaminação, ou seja, é muito importante você tomar a medicação em até 48 horas. Isso pode SALVAR SUA VIDA. O paciente que estiver com sintoma gripal, só precisa ter em mãos a prescrição para o medicamento e retirar nas unidades de saúde.

O aumento do número de casos e MORTES por Influenza A (H1N1) em Minas Gerais obrigou a Secretaria de Estado da Saúde (SES) garantir que o medicamento Tamiflu 75 mg (fosfato de Oseltamivir), esteja disponível em TODAS AS CIDADES MINEIRAS.

Se você não foi vacinado, pode adquirir as vacinas nas farmácias por um preço médio de R$ 45,00 (quarenta e cinco reais).

O que é um Surto?

Surto de Síndrome Gripal é um dos termos usados quando se fala em Influenza A (H1N1). É considerado um surto quando ocorrem três ou mais casos suspeitos em ambientes fechados ou restritos, no intervalo de até cinco dias após a data do início dos sintomas.

Cartaz saúde prevenção

Cartaz para os atendentes

spot-gripe

Links para maiores informações.

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/07/12/interna_gerais,305589/secretaria-de-saude-prepara-campanha-contra-avanco-da-gripe-suina-em-minas.shtml

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/08/01/interna_gerais,309367/secretaria-de-estado-de-saude-confirma-21-mortes-por-h1n1-em-minas-gerais.shtml

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/07/18/interna_gerais,306777/remedio-para-tratamento-da-gripe-suina-estara-disponivel-em-todos-postos-de-minas.shtml

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/07/17/interna_gerais,306394/das-15-vitimas-da-doenca-em-minas-sete-nao-chegaram-a-usar-o-antiviral-tamiflu.shtml

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/07/25/interna_gerais,307996/bh-ja-tem-223-casos-suspeitos-de-gripe-a.shtml

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/07/11/interna_gerais,305558/confirmadas-15-mortes-em-minas-gerais-em-decorrencia-da-gripe-h1n1.shtml

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/07/31/interna_gerais,309149/minas-registra-mais-uma-morte-por-gripe-suina.shtml

http://www.governo.mg.gov.br/impConteudo.aspx?cod=129

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-08-01/quase-70-dos-casos-de-h1n1-que-evoluiram-para-obito-em-sp-ocorreram-em-pacientes-com-fator-de-risco

http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/6540/785/boletim-informativo-de-influenza:-semana-epidemiologica-31.html

Nota e informações disponibilizadas pela FUNDAÇÃO HOSPITAL SANTO ANTÔNIO:

Data: 06-ago-2012 16:42:11
Para: contato@tudosuper.com.br
Assunto: Esclarecimentos sobre casos suspeitos de H1N1.

Stanley encaminho esclarecimentos conforme solicitado:

Na semana passada tivemos internação de dois pacientes com quadro de pneumonia atípica, nestes casos, sempre há a suspeita de H1N1; os mesmos devem e foram notificados a GRS e a FUNED, bem como foi coletado exame para verificação da suspeita de H1N1.

Estes pacientes não tiveram contaminação na cidade de Taiobeiras, um destes é de Salinas internou aqui após 26 dias de início dos sintomas foi uma suspeita leve, visto que não apresentou pico febril sintoma típico; o 2° paciente é de Taiobeiras, mas estava em Montes Claros quando teve início dos sintomas.

O prazo para entrega de resultados a GRS/Montes Claros é de aproximadamente 30 dias.

O 1° paciente evoluiu a óbito e o 2° paciente foi transferido para Hospital Mater Dei em Belo Horizonte a pedido da família, não foi a pedido da fundação; por este motivo a mesma providenciou o transporte e a vaga em Belo Horizonte, como somos um setor com credenciamento de 100% dos leitos pelo SUS só solicitamos transferência dos casos que não temos condições de tratar (neurologia e nefrologia), devido falta de profissional especializado e para a central de regulação de Montes Claros.

As medidas de controle de infecção foi todas cumpridas como sempre são neste setor e as medidas de quimioprofilaxia para os contatos foram instituídas e estão sendo cumpridas.

A campanha do Ministério da Saúde institui vacinação para crianças, gestantes e profissionais da área da saúde, por isso fomos imunizados na campanha; os profissionais e contatos destes que não vacinaram durante a campanha foram orientados a procurar o centro de saúde para imunização.

Coloco-me à disposição para qualquer dúvida e/ou esclarecimento técnico que se fizer necessário,

Atenciosamente,

Euclimária Carla Ruas Barbosa
Coordenadora de Enfermagem do CTI.

Protocolo Tratamento MS 2012

O Guardião do Povo

About O Guardião do Povo

Autodidata, acadêmico, eterno estudante, eterno aprendiz inconformado com ignorância e corrupção.

View all posts by O Guardião do Povo →