POLÍCIA FEDERAL PRENDE QUADRILHA QUE TRAZIA DROGA DO PERU E DA BOLÍVIA

Polícia Federal mais uma vez enchendo de orgulho nosso País. Claro que os que se sentem orgulhosos por esse nobre trabalho são os brasileiros de verdade, os PATRIOTAS.

Infelizmente há aqueles que a atacam  e tentam diminuí-la. Mas a verdade é que o Brasil deveria fornecer mais ferramentas para instituições como está continuarem a limpar nosso País.

Londrina/PR – A Policia Federal deflagrou, nesta terça-feira (02), com o apoio da Receita Federal, a operaçãoDenarius de combate o tráfico internacional de drogas. A ação desarticula uma organização criminosa com base em Umuarama/PR, que adquiria cocaína no Peru e Bolívia e a enviava para o Brasil e posteriormente a Europa.

A operação ocorre em seis estados, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Rondônia e São Paulo. Mais de 180 Policiais Federais e 10 Auditores da Receita Federal cumpriram 13 mandados de prisão, 16 mandados de condução coercitiva e 39 de busca e apreensão. Também foram bloqueados bens avaliados em R$ 60 milhões, entre fazendas, casas e até prédios comerciais.

As cidades onde os mandados foram cumpridos são: Londrina (PR), Umuarama (PR), Altônia (PR), Cruzeiro do Oeste (PR), Maria Helena (PR), Amambaí (MS), Porto Murtinho (MS), Aral Moreira (MS), São Paulo, Itaúba (MT), Nova Santa Helena (MT), Colíder (MT), Nova Canaã do Norte (MT), Alta Floresta (MT), Ariquemes (RO) e Rio Acima (MG).

As investigações começaram em fevereiro deste ano quando uma pecuarista de Umuarama, no noroeste do Paraná, foi identificada ao receber um grande carregamento de cocaína. A droga chegava camuflada em cargas de madeira de casas pré-fabricadas. Entre os crimes cometidos pela quadrilha estão narcotráfico e lavagem de dinheiro. A Operação foi batizada de “Denarius”, que significa dinheiro em latim.

10846166_947435655284108_7255258705582308763_n

O Guardião do Povo

About O Guardião do Povo

Autodidata, acadêmico, eterno estudante, eterno aprendiz inconformado com ignorância e corrupção.

View all posts by O Guardião do Povo →