Questão Número 1 Livro dos Espíritos – Allan Kardec | Tudo Super | Portal dedicado a combater a ignorância e corrupção.

Questão Número 1 Livro dos Espíritos – Allan Kardec

on fev 17, 16 • by • with Comments

Como prometido há tempos atrás, estudaremos, questionaremos, vários conhecimentos, dentre eles o espiritismo codificado por Allan Kardec. Que possui características que o colocam como ciência, como religião, ou mesmo ambos dependendo dos olhos de quem olha. Aí é claro, não poderemos deixar de levar em...
Pin It

Home » Ciência e Tecnologia, Destaque, FALANDO DE TUDO E SOBRE TUDO, Para Pensar » Questão Número 1 Livro dos Espíritos – Allan Kardec

Como prometido há tempos atrás, estudaremos, questionaremos, vários conhecimentos, dentre eles o espiritismo codificado por Allan Kardec. Que possui características que o colocam como ciência, como religião, ou mesmo ambos dependendo dos olhos de quem olha. Aí é claro, não poderemos deixar de levar em consideração a opinião de vários inquiridores, pois a doutrina espírita para os mesmos também pode ser vista como fraudulenta. Nenhum prisma será ignorado.

Para iniciar o estudo do pentateuco espírita, seguiremos pelas questões do livro dos espíritos.

  1. Que é Deus?

“Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas”

Um diferencial na resposta foi colocar Deus como inteligência, o que caracteriza a divindade como ser de suprema razão, além de todas as características que conhecemos ligadas às inteligências. Lembrando que nossa ciência ainda é atrasada, temos que ter sempre em mente esta limitação para avaliar de forma a enxergar possíveis possibilidades. Uma delas é a existência de Deus ou similares, chamem como quiser. Isso é de foro íntimo.

Observando a afirmação que nossas ciências ainda estão aquém de elucidar muitas coisas, não estou de forma alguma a ignorando ou diminuindo os estudos e descobertas, mas estou alertando que a ciência nas suas variadas formas, deixa claro que não há certezas. É muito frequente descobrir equívocos bem como inovações.

Havendo Deus, divindade, força criadora, temos que na nossa limitação tentar visualizar no mínimo uma fonte infinita de energia com possibilidades além da imaginação. O que por si só dá fim a muitas instituições religiosas com dogmas no mínimo irracionais.

Se tal criador é dotado destas características é óbvio que o mesmo e suas derivações tenham que ser no mínimo divinos.

  1. E disse Deus façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; (Torá Bereshit – Gênesis 1)

Uma coisa agradável em várias traduções é o uso do plural “nossa imagem”. O que melhora a compreensão sobre a divindade. As crenças nas suas mais diversas formas se referem à Deus usando vários nomes e definições, vários deles são no plural.

Quando colocam Deus como causa primária de suprema inteligência, já se deu o primeiro passo contra a mistificação e a favor da razão. Mais à frente no estudo ficará cada vez mais claro as diferenças entre a doutrina espírita no Brasil bem como no exterior. Apesar de serem a mesma, a forma como é difundida e tratada é bem diferente. Lá é visto mais como ciência, no Brasil mais como religião.

Se inscreva em nosso canal: http://www.youtube.com/user/pondocomborra
Curta Tudo Super: https://www.facebook.com/TudoSuper
Faça parte de nosso grupo: https://www.facebook.com/groups/tudosuper/
Nos siga no Twitter: https://twitter.com/TudoSuper

Related Posts

Scroll to top